Lanche para o Enem
É importante saber quais tipos de alimentos podem ser levados no dia das provas do Enem 2019

Alimentação no Enem 2019: o que levar para comer

O Enem é um exame longo e que exige uma preparação específica. Cuidados com a alimentação no Enem 2019 devem ser tomados para não prejudicar sua prova. Por isso, vamos explicar o que levar para comer no Enem 2019.

É importante que o participante do Enem 2019 no dia das provas opte por alimentos que mantenham seu corpo nutrido e com bom controle de carboidratos e da glicemia ao longo do dia.

Mas além da alimentação no decorrer do dia antes da realização do exame, muitos não sabem ao certo o que pode ser levado para comer durante as provas do Enem 2019.

O que posso levar para comer no Enem 2019?

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o participante poderá levar lanche e bebidas nos dias de realização das provas do Enem 2019.

Veja também: O que levar para o Enem 2019

Não é mais necessário que o participante leve o lanche dentro de alguma embalagem transparente, mas é importante saber que os alimentos poderão ser revistados a qualquer momento pelo fiscal. Por isso, escolha lanches simples e que estejam condicionados em embalagens de fácil acesso.

Também dê preferência a lanches que vão te auxiliar na concentração. Evite comidas “pesadas”, como frituras e feijoada, pois estas podem te dar sono ou algum mal estar durante o Enem 2019.

Quais alimentos são indicados?

Sanduíches feitos com pão integral ou de aveia com pastas / patês leves a base de atum, frango, ricota, verduras como cenoura são uma boa pedida.

Castanhas como nozes, amêndoas, semente de abóbora, avelãs ou castanha de caju ocupam pouco espaço e saciam durante muito tempo. Barrinhas de cereais são ótimas opções.

Barras de cereal
Barrinhas de cereal com castanhas e chocolate são ótimas opções para o Enem

Para aqueles estudantes que não dispensam o chocolate nesse tipo de prova, a dica é optar por aqueles que possuem maior concentração de cacau ou meio amargo, pois estes contém antioxidantes, o que auxilia na resposta do organismo frente ao estresse.

Em relação às frutas, já as leve higienizadas e prontas para o consumo. Mas atente-se também às escolhas, já que existem aquelas que podem causar problemas intestinais aliadas a ansiedade do dia. Evite frutas como laranja, mamão, manga e melancia. Opte por banana, uva, pera e maçã.

Além da água, isotônicos, sucos de acerola ou morango com guaraná em pó ou água de coco ajudam na concentração e, sem dúvidas, na hidratação.

Por Érica Caetano